Hamilton supera Vettel e conquista a sua sexta pole position em Silverstone

Lewis Hamilton pole position - Steven Tee/LAT Images

E não poderia ser diferente, Lewis Hamilton conquistou mais um pole position em casa, sendo a quarta consecutiva e a sexta no GP da Inglaterra, além disso ele se torna o piloto com mais pole position em Silverstone e quebrou o recorde da pista. 

Hamilton que com este resultado chega a sua pole position número 76, mas assim como muitas de suas pole positions ele não teve vida fácil, viu no seu rival no campeonato, Sebastian Vettel, desbanca-lo na primeira volta rápida no Q3, porém no final o inglês acelerou tudo o que podia e superou por apenas 0,044s o alemão da Ferrari enquanto Kimi Raikkonen que também brigou pela pole acabou ficando com o terceiro tempo à 0,098s do inglês da Mercedes.

Para o piloto da Mercedes amanhã a corrida vai ser bem complicada ainda mais na largada já que as Ferrari sempre largam muito bem e desta vez diferente do GP da França e da Áustria ele não poderá contar com seu companheiro de equipe na primeira fila, já que Bottas acabou cometendo um erro em sua última volta rápida que lhe custou muito tempo e assim vai largar na segunda fila na quarta posição.

Num circuito que pouco favorece seu carro, a Red Bull sofreu demais em especial com Daniel Ricciardo que ficou apenas com o sexto tempo à 1,2s da pole, porém o que chamou a atenção é que os dois carros da Haas que teve Kevin Magnussen em sétimo e Romain Grosjean em oitavo, estiveram próximos do tempo marcado pelo australiano, mas como sabemos é no domingo que Red Bull cresce e consegue ter um desempenho satisfatório. Max Verstappen ficou com o quinto tempo à 0,7s do melhor tempo.

E novamente quem conseguiu tirar o coelho da cartola foi Charles Leclerc da Sauber que conseguiu ir ao Q3 superando os rivais por muito pouco e conseguiu marcar o nono tempo ficando à frente de Esteban Ocon da Force india.

As equipes da casa Mclaren e Williams continuaram tendo seus desempenhos que já viraram costume, a equipe de Woking graças ao espanhol, Fernando Alonso, até brigou para entrar no Q3 mas acabou ficando de fora com o décimo terceiro tempo enquanto o belga, Stoffel Vandoorne, ficou com o décimo sétimo tempo à frente apenas de Sergey Sirotkin da Williams que foi o último piloto daqueles que marcaram tempo. O outro piloto da Williams, Lance Stroll acabou rodando na curva 6 e por ali ficou e deu adeus ao treino classificatório diferente do seu companheiro que também cometeu o mesmo erro e foi parar na brita porém cosneguiu volta para a pista.

Como havia sido noticiado dificilmente a equipe Toro Rosso, conseguiria arrumar o carro de Brendon Hartley para o treino classificatório, após uma batida forte que ele deu na última sessão de treinos livres por causa da sua suspensão que quebrou quando ele vinha em alta velocidade e como ele já iria largar na última posição a equipe preferiu trocar o seu chassi e assim ele deverá largar do pit lane. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário