De ponta a ponta, Vettel vence o GP do Canadá e volta à liderança do campeonato

Sebastian Vettel - Mark Sutton / Sutton Images

Numa corrida sem muitas emoções, Sebastian Vettel que largou na pole position, se manteve imbatível e conquistou de forma tranquila a sua terceira vitória na temporada e a 50ª na carreira.

Sebastian Vettel só precisou se preocupar durante a corrida com uma única coisas, controlar a vantagem que tinha para o segundo colocado Valtteri Bottas. No início do fim de semana era difícil de imaginar que o alemão teria vida fácil para conquistar a vitória no Canadá, mesmo a Ferrari trazendo uma atualização para o motor, mas conseguiram encontrar ontem  (9) o acerto ideal que rendeu a Vettel a pole position, a vitória e a volta à liderança do campeonato com 121 pontos contra 120 pontos de Hamilton.

De toda a corrida o único momento marcando foi o acidente de Brendon Hartley e Lance Stroll na primeira volta que acabou tirando os dois da corrida e fez com que o safetycar fosse acionado. 

Valtteri Bottas por sua vez não teve uma corrida tão tranquila, pois na largada sofreu um belo ataque de Max Verstappen e literalmente fizeram as primeiras curvas lado a lado, mas no decorrer das voltas o finlandês conseguiu escapar um pouco do holandês, entretanto nas voltas finais viu novamente o piloto da Red Bull encostar mas sem conseguir ameaçar de fato a sua segunda posição e assim os dois cruzaram a bandeirada bem colados. 

O quarto colocado foi Daniel Ricciardo que conseguiu superar Kimi Raikkonen na largada e Lewis Hamilton no pit stop, mas no final da corrida precisou segurar a pressão do piloto inglês que tentou voltar a sua posição de origem, mas sem sucesso. Kimi Raikkonen por sua vez terminou na sexta colocação. 

A quarta força da corrida foi a Renault que terminou com Nico Hulkenberg em sétimo e Carlos Sainz em oitavo seguidos por Esteban Ocon da Force India que cruzou a bandeirada na nona posição. O piloto da Force India que tinha tudo para brigar pela sétima ou oitavo colocação, mas devido a um erro em seu pitstop , acabou perdendo um tempo precioso além é claro de ter ficado um bom tempo atrás de Romain Grosjean que estava com pneus desgastados e estava num ritmo lento. 

Novamente na zona de pontos tivemos Charles Leclerc da Sauber, que também contou com o abandono de Fernando Alonso para conseguir marcar um pontinho neste fim de semana. O espanhol da Mclaren que abandonou o seu GP número 300, acabou tendo um começo bem complicado, mas depois conseguiu ir se recuperando na corrida e assumir a décima posição, mas devido a um problema no motor precisou abandonar a corrida e ficar pela segunda vez consecutiva sem marcar pontos na temporada, entretanto ainda permanece na sétima posição no campeonato de pilotos, agora empatado com Hulkenberg da Renault. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário