Hamilton fecha sexta-feira em Barcelona na ponta, Raikkonen sofre com problema no motor

Lewis Hamilton -  LAT Images/ Gleen Dunbar  

E a segunda sessão de treinos livres do GP da Espanha, continuou com a Mercedes na ponta, porém desta vez quem liderou foi Lewis Hamilton, que diferente de seu companheiro na primeira sessão não teve uma grande diferença para os rivais. Além disso nesta sessão o piloto inglês utilizou os compostos macios e supermacios diferente da primeira onde ele tinha utilizado os compostos macios e médios. 

O segundo e terceiro lugar ficou com a dupla da Red Bull que mostrou um bom desempenho, com Daniel Ricciardo ficando cerca de 0,1s do melhor tempo e Max Verstappen cerca de 0,2s. Mas o que chamou a atenção é que tanto Hamilton quanto Ricciardo marcaram seu melhores tempos com o pneu macio enquanto Verstappen marcou seu melhor tempo utilizando os pneus supermacios 

A Ferrari não teve uma sessão tão boa pois mesmo com Sebastian Vettel fazendo o quarto tempo e o Kimi Raikkonen fazendo o sexto, eles viram o finlandês ter problema no motor quando ainda faltava cerca de 30 minutos para o fim da sessão. Para a sorte da equipe Raikkonen conseguiu levar o carro até os boxes para assim abandonar a sessão e deixar a equipe identificar e solucionar o tal problema. 

O quinto colocado entre as Ferrari foi Valtteri Bottas, que ainda permanece com o melhor tempo do dia feito, realizado na primeira sessão, já que Hamilton foi 0,1s mais lento do que o tempo feito pelo finlandês. 

A equipe Haas foi literalmente a melhor do resto, já que viu Romain Grosjean e Kevin Magnussen cravarem os sétimo e oitavo melhores tempos. O francês que chegou a ficar atolado na brita após seu carro sair de traseira na curva 7, mas como não houve nenhum dano, assim que trouxeram o carro dele novamente para os boxes ele retornou para a pista para marcar seu melhor tempo. 

Fechando o top 10 tivemos Stoffel Vandoorne da Mclaren e Sergio Perez da Force India. 

Os pilotos da 'casa' , não tiveram uma sessão muito boa, Fernando Alonso acabou sendo atrapalhado quando tentava marcar suas voltas rápidas de pneu supermacio e com isso ficou com o décimo segundo tempo enquanto Carlos Sainz Jr da Renault ficou apenas com décimo sétimo tempo.

As últimas colocações assim como na primeira sessão ficou com as Williams, com Stroll superando Sirotkin. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário