Raikkonen erra no final e Vettel fica com a pole position no Azerbaijão



Se ontem (27) nos treinos livres Sebastian Vettel vinha fazendo uma aparição bem discreta, hoje (28) as coisas mudaram já que o alemão além de comandar a última sessão de treinos livres também conquistou a pole position para o GP do Azerbaijão.

Entretanto Sebastian Vettel contou com o erro de Kimi Raikkonen para conseguir a pole positio, isso porque o finlandês vinha numa volta voadora e chegou a passar no segundo setor com uma vantagem de 0,2s para o seu companheiro de equipe, porém acabou cometendo um erro crucial no último setor o que certamente lhe custou a pole position e a chance de largar na primeira fila e por causa disso vai largar na sexta colocação. Além disso Raikkonen será o único dos 6 primeiros que irá largar com o composto ultra-macio.

A dupla da Mercedes conseguiu fazer o segundo e terceiro tempo com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, ambos que amanhã vão com tudo para cima de Vettel para tentar conquistar a primeira vitória da equipe Mercedes nesta temporada.

Logo atrás das Mercedes tivemos as Red Bull com Daniel Ricciardo em quarto e Max Verstappen em quinto, entretanto para a corrida eles terão uma tarefa bem difícil, pois tanto Vettel quanto Hamilton e Bottas, também irão iniciar a corrida com os pneus super-macios já na intenção de utilizarem os compostos ultra-macios na parte final da corrida. Com isso praticamente não teremos nenhuma surpresa de estratégia em relação aos GPs anteriores, a única coisa que deverá mudar e que será de fato crucial para ambos os cincos que partem numa mesma estratégia, será o número de voltas que eles vão conseguir permanecer na pista, pois quanto mais tempo ficarem no primeiro stint melhor pois poderão utilizar no segundo stint o pneu ultra-macio no máximo.

O melhor do resto e sem nenhuma surpresa nesta fim de semana foi a Force India, que conseguiu colocar em pratica no treino classificatório o mesmo bom desempenho que vinha tendo nos treinos livres e com isso fizeram o sétimo tempo com Esteban Ocon e o oitavo com Sergio Perez.

Fechando o top 10, tivemos a dupla da Renault com Nico Hulkenberg novamente superando seu companheiro de equipe Carlos Sainz Jr que fez o décimo tempo. Entretanto Hulkenberg precisou trocar a caixa de câmbio e perderá cinco posições, desta forma o alemão largará na décima quarta posição, e por isso Sainz Jr, Stroll , Sirotkin e Alonso ganharam uma posição cada um.

E após duas semanas do toque no GP da China a dupla da Toro Rosso voltaram a se encontrar na pista, porém desta vez por um pouco não acontece um acidente terrível. Hartley vinha se arrastando pela pista por causa de um pneu furado enquanto seu companheiro de equipe Pierre Gasly vinha em uma volta rápida, mas perto da curva 15 os dois se encontraram e por pouco o francês que vinha numa alta velocidade não acertou em cheio a traseiro de seu companheiro de equipe, e graças ao seu reflexo ele conseguiu tirar o carro para a área de escape e evitou um terrível acidente. E devido a este problema, nenhuma das STRs conseguiram ir ao Q2.

Romain Grosjean da Haas foi o único piloto a não marcar tempo, pois acabou sofrendo um problema de câmbio ainda no início da sessão e irá largar na última posição amanhã.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário