No final Sebastian Vettel bate Kimi Raikkonen e fica com a pole position na China



O treino classificatório do GP da China, não teve para ninguém, as Ferrari dominaram literalmente o treino com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen disputando a pole position até o último segundo, mas o alemão conseguiu tirar um coelho da cartola no setor 3 e bateu seu companheiro de equipe para conquistar a sua 52ª pole position na carreira .

Para 99% da parte final do treino classificação, parecia que quem ficaria com a pole position seria o 'Homen de Gelo', porém em sua última volta ele cometeu um erro bem pequeninho que acabou fazendo com que ele não melhorasse significativamente seu e com isso deu precha para que Sebastian Vettel conseguisse supera-lo por quase 0,1s . O alemão que também quebrou o recorde da pista.

A Ferrari que com isso quebra um jejum que vem desde 2004 sem conseguir conquistar uma pole position no GP da China.

As Mercedes que até então sempre dominavam no circuito chinês, desta vez ficaram longe de terem um desempenho ameaçador, já que Valtteri Bottas e Lewis Hamilton que fizeram o terceiro e quarto tempo ficaram um pouco mais de meio segundo atrás do melhor tempo da sessão. Mas isso devesse ao fato de que eles vem sofrendo demais com o composto ultra-macio, e pensando nisso já para a corrida,  Hamilton cravou a sua melhor volta no Q2 de pneu macio garantindo assim que a amanhã ele na corrida ele tenha uma vantagem sobre os demais que estão à sua frente já que eles optaram por largar de pneus ultra-macios e vão fazer seus pitstop mais cedo enquanto ele poderá ficar na pista por mais tempo ou até mesmo partir para uma estratégia de um único pit stop o que daria a ele a chance de vencer. 

A dupla da Red Bull ficou com o quinto e sexto lugar, com Max Verstappen superando Daniel Ricciardo. 

O melhor do resto foi Nico Hulkenberg da Renault que novamente supera seu companheiro de equipe Carlos Sainz que ficou com o nono tempo. 

Entre a dupla da Renault tivemos Sergio Perez da Force India, que conseguiu pela primeira vez nesta temporada colocar um dos carros da equipe no top 10 no treino classificatório. A equipe indiana que neste fim de semana parece ter um carro bem melhor em relação ao GP da Austrália e o GP do Bahrain, e com isso podemos ter uma boa briga entre aqueles que buscam pontuar. 

Fechando o top 10 tivemos Romain Grosjean da Haas seguido por seu companheiro de equipe Kevin Magnussen que pela primeira vez nesta temporada ficou de fora do Q3, e largará amanhã na décima primeira posição. 

A Mclaren como era esperado não teve uma classificação muito boa marcou apenas o décimo terceiro e décimo quarto tempo com Alonso e Vandoorne. Enquanto a Toro Rosso queridinha do último GP teve um desempenho pifo comparado com a classificação do GP do Bahrain, e largarão amanhã na décima quinta e décima sétima colocação, com Hartley à frente de Gasly. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário