Hamilton vence corrida maluca com Perez em terceiro e Leclerc em sexto

Pódio do GP do Azerbaijão 2018 - Sutton Images


E o GP do Azerbaijão literalmente foi até agora o melhor desta temporada de 2018, já que tivemos de tudo na corrida e diversos acidentes e com isso o jogo virou para Lewis Hamilton, que agora é o novo líder do campeonato. 

A corrida começou de uma maneira que podíamos dizer que Sebastian Vettel iria conquistar mais um vitória na temporada, porém devido a um acidente no final da corrida envolvendo as duas Red Bulls, o mesmo Safety Car que ajudou o alemão da Ferrari no GP da Austrália acabou ajudando desta vez o finlandês da Mercedes que assumiu a ponta, mas Vettel até tentou dar o troco na relargada mas acabou cometendo um grande erro e caiu para o quarto lugar.

Mas depois de uma volta da relargada Bottas acabou tendo um grande azar em pegar um pedaço de carro na pista que acabou furando seu pneu traseiro, fazendo assim com que a vitória caísse no colo de seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, que vinha logo atrás, além disso quem ganhou com esse problema do finlandês foi Sergio Perez da Force India que superou Vettel e cruzou a bandeirada numa belíssima terceira posição. O mexicano que também chegou nesta mesma colocação no GP de 2016, quando o circuito de Baku fez sua estréia na F1. 

Kimi Raikkonen por sua vez teve uma corrida um tanto conturbada, precisou ir para os boxes na primeira volta após ter um toque com Esteban Ocon que acabou danificando seu bico, mas graças aos grandes acontecimentos durante a corrida, o finlandês da Ferrari conseguiu cruzar a linha de chegada na segunda posição.

A primeira volta do GP do Azerbaijão foi cheia de acidentes, vimos Ocon tentando ultrapassar Raikkonen por fora na curva 3 que acabaram se tocando e assim o piloto da Force India foi parar na proteção, e neste mesmo momento atrás, Sergey Sirotkin batia na traseira de Sergio Perez, na curva 2 e na saída da curva o russo ainda foi espremido por Fernando Alonso e Nico Hulkenberg. 

Hulkenberg que acabou jogando um pouco o carro para cima de Sirotkin que acabou indo para cima de Alonso e com isso tanto o piloto da Williams quanto o da Mclaren, acabaram tendo seus carros danificados. Sirotkin por sua vez abandonou a corrida imediatamente, enquanto Alonso determinado a terminar está corrida levou o seu carro praticamente sob duas rodas para os boxes para trocar os pneus e assim voltar a corrida mesmo com o assoalho danificado. O alemão da Renault continuou na prova sem problemas e até superou as duas Red Bull assumindo a quinta colocação, mas acabou batendo no muro na curva 4 e abandonou a corrida. 

Mas de todos os acidentes que tivemos na corrida os mais impressionantes foram da dupla da Red Bull e de Romain Grosjean. As Red Bulls passaram a corrida inteira brigando entre si, Ricciardo chegou a ser superado por Verstappen após a entrada do primeiro Safety Car, mas permaneceu na cola de seu companheiro de equipe, e até o superou antes de fazer a sua parada, mas acabou voltando atrás do holandês depois do pit stop. E daí em diante Ricciardo perdeu um pouco da sua paciência enquanto estava atrás de Verstappen e isso foi crucial pois ai ele tentou fazer uma manobra que acabou dando muito errado e assim acertou em cheio a traseira de seu companheiro de equipe fazendo com que os dois carros abandonassem a corrida, o que foi uma pena pois eles tinha tudo para terminar no top 5. Com a entrada do Safety Car tudo parecia normalizado e que a corrida começaria rapidamente, mas Romain Grosjean enquanto aquecia seus pneus acabou perdendo o controle de seu carro e bateu no muro, naquele momento ele era o sexto colocado e teve que abandonar a corrida. 

Com esses acidentes envolvendo carros que podiam facilmente terminar a corrida no top 10, alguns pilotos conseguiram aproveitar está oportunidade para conquistar bons pontos, como foi o caso de Carlos Sainz Jr que terminou na quinta colocação seguido pelo o 'piloto do dia' que foi Charles Leclerc que de Alfa Romeo Sauber terminou a corrida num maravilhoso sexto lugar em seu quarto GP de F1. 

O sétimo lugar ficou com ele, Fernando Alonso, que mesmo com o assoalho de seu carro danificado lutou bravamente durante a corrida e aproveitou certos abandonos para continuar a pontuando nesta temporada, seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne, que em nenhuma hora mostrou grande desempenho durante a corrida terminou em nono lugar, ajudando assim a equipe Mclaren a marcar mais alguns pontos. 

Entre as duas Mclaren, tivemos Lance Stroll, da Williams, que com está posição conquistou os primeiros pontos dele e da equipe nesta temporada, com isso nesta temporada todas as equipes pontuaram. Fechando o top 10 tivemos Brendon Hartley da Toro Rosso que marcou seu primeiro ponto na categoria.

Marcus Ericsson, Pierre Gasly e Kevin Magnussen foram os últimos a cruzarem a linha de chegada. 

O próximo GP acontecerá daqui duas semanas, na Espanha, onde esperamos ver muitas atualizações como é o caso da Mclaren que pretende levar de fato o seu carro da temporada de 2018. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário