Vettel inicia última semana de testes em Barcelona na frente e Mclaren enfrenta problemas

Sebastian Vettel nos pit - Andrew Hone / LAT Images


E nesta terça-feira (6) tivemos o início da última semana de testes da pré-temporada com Sebastian Vettel cravando o melhor tempo do dia e a Mclaren voltando a ter problemas.

Sebastian Vettel que guiou o dia todo o SF71-H, liderou literalmente o dia todo após fazer a melhor volta do dia com os pneus médios ainda na parte da manhã. O alemão que por sua vez também foi o piloto que mais completou voltas, tendo feito um total de 170.

O segundo melhor tempo do dia ficou com Valtteri Bottas da Mercedes que ficou à 0,2s de Vettel, o finlandês que utilizou os pneus macios para cravar a sua melhor volta, e completou 86 voltas, isso porque ele dividiu as atividades de hoje com o seu companheiro de equipe e atual campeão da F1, Lewis Hamilton, que ficou com o quarto melhor tempo do dia cerca de 0,4s do melhor tempo, e completou 91 voltas.

Entre as duas Mercedes tivemos Max Verstappen da Red Bull que de pneus médios cravou o terceiro melhor tempo e ficou à 0,253s do melhor tempo do dia, além de ter sido o segundo piloto que mais completou voltas hoje, totalizando 130 voltas. Mas o dia do jovem holandês não foi perfeito, pois na parte da tarde quando faltava uma hora e meia para o termino da sessão, ele acabou parando na curva 1, e só retornou para a pista faltando 15 minutos para o fim.

Fechando o top 5 tivemos Pierre Gasly da Toro Rosso, que bem diferente da semana passada onde completou muitas voltas que fez todos surpreenderem com a melhora na confiabilidade do motor Honda, hoje ele conseguiu completar apenas 54 voltas e enfrentou pela primeira vez um problema com o motor Honda, com isso a equipe não foi para a pista nas últimas três horas e meia de sessão.

Kevin Magnussen não conseguiu melhorar o seu tempo feito na parte da manhã e com isso terminou o dia na sexta colocação à frente da dupla da Renault que teve Nico Hulkenberg em sétimo lugar e Carlos Sainz Jr em oitavo.

Além da Toro Rosso quem voltou a apresentar sérios problemas foi a equipe Mclaren, que hoje conseguiu completar apenas 38 voltas com Stoffel Vandoorne. O belga que causou duas bandeiras vermelhas durante o dia, a primeira sendo ainda no inicio do dia quando terminava a sua volta de instalação e o carro acabou parando na última curva e a segunda foi na parte da tarde por devido a um problema hidráulico que fez com que Vandoorne parasse o MCL33 na curva 3. Após ter passado grande parte da manhã nos boxes, o piloto belga, não retornou mais a pista após o último problema em seu carro e ficou com o décimo segundo tempo.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário