Vettel supera Bottas e lidera segundo dia de testes em Barcelona, Vandoorne é terceiro

Sebastian Vettel - Glenn Dunbar / LAT Images


E no segundo dia de testes da pré-temporada Sebastian Vettel foi o mais rápido superando Valtteri Bottas da Mercedes. 

O treino de hoje começou sem ação alguma, pois devido as baixas temperaturas na parte da manhã, grande parte das equipes preferiram fazer pouquíssimas voltas e esperar as temperaturas aumentarem, e só um pouco antes do meio-dia que os carros começaram a ir para pista para obterem uma milhagem significativa.

O alemão da Ferrari, assim que viu as temperaturas aumentarem, não perdeu e cravou o melhor tempo do dia e dos testes até o momento com 1min19s673 de pneus macios. Enquanto Bottas que havia liderado na parte da manhã, foi superado por 0,303s , porém a sua melhor volta que o colocou na casa de 1min19s foi feita com os pneus médios. Ambos os pilotos também foram os únicos a percorrer mais de 90 voltas, com Vettel completando 98 voltas e Bottas 94 voltas.

Stoffel Vandoorne da Mclaren, terminou o dia na terceira posição, ele que utilizou o composto hipermacio para anotar a sua melhor volta. Mas o que chamou a atenção foi que após eles terem parado para o almoço devido a uma bandeira vermelha causa por Charles Leclerc da Sauber, o MCL33 não foi mais visto na pista. 

Na quarta colocação tivemos Max Verstappen da Red Bull, que ficou apenas 1 milésimo do tempo marcado pelo piloto da Mclaren. O holandês que na parte da manhã deu apenas 3 voltas mas na parte da tarde para compensar o tempo perdido conseguiu andar o suficiente para fechar o dia com um total de 67 voltas completadas.  

Como o único espanhol na pista hoje, Carlos Sainz Jr, conseguiu fechar o dia na quinta colocação. 

E novamente a Toro Rosso chama a atenção com o motor Honda, pois nesta terça-feira quem assumiu o comando do STR13 foi Pierre Gasly que marcou o sexto tempo e completou nada mais nada menos que 82 voltas sem problemas. 

A Williams hoje contou com Robert Kubica e Sergey Sirotkin, com isso ficou com o sétimo e oitavo tempo. O polonês que não sabia o que era participar de um teste de pré-temporada desde Valência em 2011, conseguiu ser mais rápido do que o russo, cerca de 0,3s a diferença entre eles. Logo atrás da dupla da Williams tivemos Esteban Ocon da Force India que cravou o nono tempo. 

As últimas colocações ficaram com Charles Leclerc da Sauber e Kevin Magnussen da Haas. O piloto da Sauber por sua vez mesmo causando uma bandeira vermelha após sair da pista na curva 4 conseguiu fazer 81 voltas enquanto o piloto da Haas que também saiu da pista na curva 4 e que por pouco não bateu na barreira de pneus fez apenas 36 voltas. 






Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário